top of page
Vista aérea do rio

Blog

Brasileiros associados da ABRHidro marcam presença no Seminário Panta Rhei Symposium

O Simpósio reúne hidrólogos, engenheiros, cientistas sociais e profissionais que trabalham com questões relacionadas à água de todo o mundo para celebrar as conquistas da década científica de pesquisa do IAHS sobre Panta Rhei – Mudança em Hidrologia e Sociedade (2013-2022).

O evento aconteceu no GFZ Centro Alemão de Pesquisa em Geociências em Potsdam, na Alemanha, entre os dias 10 e 11 de julho.


Estiveram presentes os brasileiros: Pedro Chaffe (UFSC), Taís Carvalho (postdoc na Uni Leipzig), Mario Mendiondo (USP), Mariana Madruga de Brito (UFZ Alemanha), Germano (phd Wageningen, se mudando pra bristol postdoc), Gustavo Speckhann (doutorando na GFZ POTSDAM), Rodolfo Nóbrega (Lecturer bristol), Pedro Alencar (postdoc TU Berlin), Vinicius Chagas, doutorando UFSC, Suziane (phd Uni Potsdam), Fernando de Castro Franca (Master student Humbolt University Berlin) e Louise Cavalcante (phd Wageningen university).

"A Década Panta Rhei da IAHS é um marco histórico sem precedentes. Marca um ponto de virada único para a Hidrologia como ciência mais inclusiva. O Panta Rhei resgata os 100 anos de história da IAHS, e acelera para solucionar novos problemas e para engajar melhor as comunidades locais. E assistir a uma síntese do Prof Blöschl, e discussões Prof Cudennec, Prof Montanari, Prof Sivapalan, Dra Kreibich, e com uma expressiva participação de hidrólogos do Brasil, foi um fato que ficará para sempre nas futuras gerações de teóricos, práticos, e tomadores de decisão em hidrologia e recursos hídricos " relatou Mario Mendiondo, da USP.

Foram apresentados os principais resultados que demonstram uma melhor compreensão dos processos que regem a dinâmica de mudança dos sistemas humano-hídricos e discutido o caminho a seguir.

"O evento encerrou a década científica Panta Rhei da IAHS com chave de ouro. O fortalecimento da comunidade, apesar de ser intangível, foi considerado um dos principais produtos dessa iniciativa. A comunidade brasileira estava bem representada com muitos pesquisadores novos e cheios de vontade. A ABRHidro deve aproveitar o momento e se engajar com a próxima década da IAHS para mostrar a importância das pesquisas desenvolvidas no nosso país." Complementou Pedro Chaffe, da UFSC.

Durante o encontro também foi lançado o livro de síntese Panta Rhei "Coevolução e Previsão de Sistemas Acoplados Homem-Água".

"Houve grande avanço no entedimento dos sistemas entre recursos hídricos e sociedade na última década. O desafio atual está principalmente em prever como esses sistemas funcionam e como transformar o conhecimento adquirido em soluções práticas pra sociedade." Finalizou Vinicius Chagas, doutorando UFSC.
Para conferir todas as informações do evento, basta clicar em:
49 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page