top of page
Vista aérea do rio

Blog

Simpósio Internacional em Itá reúne países do Mercosul em prol da Bacia do Rio Uruguai



Um dos rios mais importantes na hidrografia do Sul do país, que faz fronteira entre Brasil, Argentina e o Uruguai, é também o principal motivo do Simpósio Internacional Rio Uruguai dos Encontros: União Pela Conservação, que reúne representantes destes países. O evento tem como objetivo reafirmar os compromissos da Carta de Itá, firmada em 2012 pelos participantes da Terceira Reunião do Fórum de Conservação do Rio Uruguai, da União dos Parlamentares Sul-americanos e Mercosul (UPM).


O encontro, que vai até esta sexta-feira, 2, tem como objetivo fortalecer a integração entre os países em prol da conservação e do uso sustentável da Bacia do Rio Uruguai. O evento é uma iniciativa do Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e da Secretaria Executiva do Meio Ambiente (Sema), União de Parlamentares Sulamericanos e do Mercosul (UPM) e Fórum Permanente de Conservação e uso Racional do Rio Uruguai e Aquífero Guarani e Assembléia Legislativa de Santa Catarina.


O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Jairo Sartoretto, destacou a importância da união entre países, governos, entidades e sociedade civil. “Quando temos uma aliança bem feita entre o meio ambiente e o econômico, sem dúvidas, nós vamos ter sucesso. E é justamente isso que estamos propondo neste Simpósio Internacional, aqui, onde há 10 anos firmamos este compromisso com essa Bacia tão importante nas nossas vidas, por meio da Carta de Itá”, destacou.


Para o secretário executivo do Meio Ambiente, Leonardo Porto Ferreira, a integração e a união são fundamentais. “Este encontro fortalece a integração e a união pelo Rio Uruguai. Pois reunimos aqui em Itá, autoridades, gestores e as pessoas que fazem parte das diretrizes dos Comitês de Bacias, para, justamente, promover essa a união pela conservação. É pensando juntos em formas de avançar trazendo soluções para o desenvolvimento sustentável que vamos deixar um legado para nossos filhos e netos”.


Carta de Itá



Localizada no Oeste, perto da fronteira com o Rio Grande do Sul, Itá representa as muitas histórias de uma cidade que foi submersa pelas águas do Rio Uruguai e que se reconstruiu na parte mais alta da região. Moradores deram espaço para desenvolvimento com a construção da Usina Hidrelétrica de Itá (UHE ITÁ), onde o imponente rio Uruguai é a principal fonte hídrica do Sul do Brasil, e países fronteiriços.


Em 2012, a cidade também foi palco da assinatura da Carta Itá, um compromisso pela integração dos países em prol da conservação da Bacia. O Simpósio marca ainda a reafirmação dos compromissos assinados há exatos 10 anos.


“Como diz a carta de Itá, o Rio Uruguai é a espinha dorsal de integração destes países e fortalecer esse movimento é um dos princípios do compromisso firmado há 10 anos, fundamental para garantir a preservação e o desenvolvimento sustentável, diante dos desafios climáticos que o mundo enfrenta. É importante destacar ainda a atuação efetiva dos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina sendo essenciais nos assuntos fronteiriços com a Argentina e Uruguai, tenho certeza que essa sinergia no âmbito estadual e federal potencializa as ações”, frisou Paulo Mendes de Carvalho Guedes, representante do Ministério das Relações Exteriores no Brasil.


O presidente do Fórum do Rio Uruguai, José Pérsigo, falou sobre a importância da união pela conservação. “O Rio Uruguai é literalmente do Mercosul. Nasce no Brasil e termina na Argentina e Uruguai. A exploração do mesmo pode se dar individualmente, porém a conservação tem que ser entre todos. A integração é o único meio para a conservação. Este encontro hoje representa mais um passo, dos que já vamos dando, em favor da conservação e da integração e reforça os compromissos firmados na Carta de Itá, isso é muito importante para as nossas vidas e para as futuras gerações”, disse.


Integração



O Simpósio contou com a participação de autoridades nacionais e governadores dos estados, províncias ou departamentos da bacia do Rio Uruguai. Entre os quais a presença do diplomata Paulo Mendes de Carvalho Guedes, representando o Ministério das Relações Exteriores, o secretários da SDE e Sema, Jairo Luiz Sartoretto e Leonardo Porto Ferreira, respectivamente, a representante do Instituto do Meio Ambiente, Izabel Romancini Antunes, gerente da Codam de Concórdia.


Também estiveram presentes representantes do Mercosul, como o diretor de Articulação Política da UPM, Flávio Monteiro, o secretário da UPM do Bloco Argentino, Germán López e o presidente do Fórum do Rio Uruguai, José Pérsigo.


Assinaturas

No segundo dia do evento, dia 2, será realizada oficialmente a assinatura da Carta de Itá, a assinatura do decreto estadual: do Corredor Ecológico, denominado Caminho das Nascentes, da ordem de serviço para o Programa Qualiáguas e do Protocolo de Intenções para o Programa Catarinense de fortalecimento dos Comitês de Bacia.


Mais informações para a imprensa

Mônica Foltran Assessoria de Comunicação Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável – SDE Fone: (48) 3665-2261 / 99696-1366 E-mail: jornalistamonicafoltran@gmail.com Site: www.sde.sc.gov.br

5 visualizações