top of page
Vista aérea do rio

Blog

Seasc impulsiona inclusão produtiva durante o XXV Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Foram apresentados diversos produtos de destaque, promovendo a diversidade e a qualidade dos produtos locais

A Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Seasc) marcou presença no XXV Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, realizado no Centro de Convenções AM Malls Sergipe, em Aracaju, de 19 a 24 de novembro. O evento reuniu mais de três mil pessoas, entre pesquisadores e autoridades nacionais, proporcionando um espaço para a exposição e promoção da inclusão produtiva de associações, cooperativas e empreendedores individuais.

Durante os dias do simpósio, foram apresentados diversos produtos de destaque, promovendo a diversidade e a qualidade dos produtos locais, a exemplo de artesanatos em barro dos Artesãos de Santana de São Francisco; produtos da tecelagem, do município de Cristinápolis; produtos da Associação Sergipana de Apicultores- ASA; exposição de produtos da Uniagro, município de São Domingos; exposição de alimentos à base de mandioca da Coofama.

“A inclusão produtiva é um instrumento fundamental para acompanhar, qualificar e inserir famílias no mercado de trabalho. A participação em feiras e eventos como o Simpósio de Recursos Hídricos não apenas promove os produtos, mas também impulsiona a geração de renda para as famílias envolvidas, fortalecendo a economia local, apontou a coordenadora da Diretoria de Inclusão Produtiva e Cidadania da Seasc, Karine Machado.

A doceira Valdeci Conceição, mais conhecida na região do Mosqueiro como Dona Val, expressou sua alegria ao apresentar doces, cocadas e biscoitos no simpósio.

"Estou amando apresentar os produtos e agradeço à Seasc pela oportunidade", disse.

Iandara Luna, representante da Universidade Federal de Rondônia, destacou a importância da visibilidade proporcionada pelo simpósio para a região Nordeste e para o estado de Sergipe. Ela enfatizou que essa visibilidade também beneficia os pequenos produtores, impulsionando o desenvolvimento regional.

O diretor administrativo da Coofama, Luiz Carlos da Lapa, ressaltou a parceria com a Seasc, que tem transformado a cooperativa, proporcionando mais oportunidades e qualidade. Ele destacou a importância de participar do simpósio para apresentar os produtos dos agricultores familiares de Campo do Brito.

“Recebemos o convite e estamos aqui nesse fórum latino-americano de águas demonstrando e apresentando os produtos dos agricultores de Campo do Brito. Para nós, é uma imensa alegria receber esse convite e apresentar um produto muito bem preparado desses agricultores”, disse.

Além das exposições, o evento contou com a apresentação da Companhia de Dança Loucurarte, grupo composto por pessoas com deficiências (PcD) físicas ou mentais que encantou o público presente. A servidora da Seasc Suellen Grazielle é uma das integrantes do grupo de dança há dois anos.

“É muito bom ter a oportunidade de apresentar para um público diferente e mostrar a capacidade da PcD. Nosso objetivo é mostrar que a pessoa com deficiência pode e deve estar em todo lugar”, considerou.

A exposição de renda irlandesa da Asderes de Divina Pastora também esteve em evidência, representando não apenas a inclusão produtiva, mas também o comprometimento com a riqueza cultural da região.

O Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos transformou Aracaju na 'Capital das Águas', proporcionando um espaço crucial para discussões científicas em busca de alternativas sustentáveis. O Governo de Sergipe, por meio das secretarias e órgãos envolvidos, viabilizou a integração entre ciência, tecnologia, setores produtivos e comunidade, consolidando o diálogo essencial para a gestão eficiente dos recursos hídricos.

FONTE: Governo de Sergipe


FOTOS: Ascom Seasc

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page