top of page
Vista aérea do rio

Blog

Encontro no Uruguai confirma UNESCO na organização do 1º Fórum Latino-Americano da Água


Da dir. para esq.: Filipe Sampaio, Miguel Doria e Lupércio Ziroldo

Nesta terça-feira, 13 de junho, na capital uruguaia Montevidéu, o diretor da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) Filipe Sampaio se reuniu com o assessor do Programa Hidrológico Internacional (PHI-UNESCO) para América Latina e Caribe, Miguel Doria, para tratar do 1º Fórum Latino-Americano da Água (FLAA). O evento acontecerá em 21 e 22 de novembro, em Aracaju (SE), simultaneamente ao 25º Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.


Durante o encontro – que também contou com a participação do presidente da Rede Brasil de Organismos de Bacia (REBOB), Lupércio Ziroldo – Miguel Doria assegurou o compromisso da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) de se juntar à REBOB e aos demais parceiros brasileiros na organização do Fórum, que conta com a ANA como uma de suas principais apoiadoras.


Sobre a reunião, Dr Filipe Sampaio, Diretor da ANA, enalteceu e destacou a importância da participação da UNESCO no 1º Fórum Latino Americano da Água, face aos inúmeros projetos exitosos desenvolvidos por eles nos países latino-americanos.


O Presidente da REBOB, Lupércio Ziroldo Antônio também destacou a participação da UNESCO na organização do 1º FLAA em especial pelos trabalhos de capacitação em gestão da água por eles realizados no âmbito da América Latina.


O 1º Fórum Latino-Americano da Água tem o objetivo de reunir gestores, técnicos, usuários de água, acadêmicos, indígenas, empresários, legisladores, tomadores de decisão, comunicadores e representantes da sociedade civil. O evento será um espaço para estabelecer redes, interações e agendas de recursos hídricos e saneamento básico que contribuam para o desenvolvimento sustentável na América Latina. São esperadas no Fórum Latino-Americano da Água instituições do setor de recursos hídricos dos 20 países latino-americanos.


Estruturado a partir do tema central Integração para o Desenvolvimento, o FLAA se divide nas seguintes temáticas: Água e Meio Ambiente, Água e Desenvolvimento, Água e Clima, Água e Financiamento, Água e Inovação, Água e Cooperação, além de Água e Participação. O objetivo da organização desse encontro internacional é promover o diálogo e a integração de processos decisórios sobre água e saneamento básico nos países latino-americanos nos contextos político, técnico e institucional.


O Fórum é uma iniciativa conjunta da REBOB com a Rede Latino-Americana de Organismos de Bacias (RELOC na sigla em espanhol), Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRHidro), Associação Brasileira de Águas Subterrâneas (ABAS), Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) e, agora, conta com a UNESCO. A Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico apoia o evento desde sua concepção.


Assessoria Especial de Comunicação Social (ASCOM)

Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA)

(61) 2109-5129/5495/5103


Fonte: Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) e Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas (REBOB)

5 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page