top of page
Vista aérea do rio

Blog

ANA participa de mesas redondas e realiza oficina sobre jogo educativo AkauANA no XXV SBRH

ANA participa de mesas redondas e realiza oficina sobre jogo educativo AkauANA nesta terça-feira do 25º SBRH

Nesta terça-feira, 21 de novembro, no Centro de Convenções AM Malls, em Aracaju (SE), a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) participou da programação do 25º Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos (SBRH) em seis mesas redondas. A Agência também realizou uma reunião paralela com foco no jogo AkauANA.


Durante a manhã desta terça, a ANA participou da mesa redonda sobre Enquadramento de Corpos Hídricos – Desafios e Acertos na sua Execução. Representada pelo servidor Marcelo de Souza, a discussão também contou com as participações de Sidnei Agra, da Profill Engenharia e Ambiente, e de Monica Porto, da Universidade de São Paulo (USP).


Outra mesa redonda com a participação da ANA na manhã desta terça-feira foi sobre Bacias Representativas e Experimentais no Brasil: Fragilidades e Potencialidades. A Agência foi representada pela superintendente Flávia Carneiro, que debateu o assunto com Cristiano Almeida, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB); Osvaldo Luiz de Moraes, do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN); e Pedro Luiz Chaffe, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).


Também realizada durante a manhã, a mesa redonda Águas Subterrâneas – O que Sabemos sobre o Maior Estoque de Água Doce do Brasil? contou com a participação da servidora da ANA Márcia Gaspar. A sessão também contou com as participações de Clyvihk Camacho, do Serviço Geológico do Brasil (SGB); Ricardo Mlynarz, da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO); e Ricardo Hirata, da Universidade de São Paulo (SP).

No início da tarde desta terça, 21, com a participação da superintendente adjunta Renata Maranhão, a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico realizou uma reunião paralela com oficina sobre o jogo AkauANA, que é voltado a estudantes e busca discutir a educação ambiental na escola por meio de uma ação prática. O AkauANA é uma jornada investigativa com desafios e atividades colaborativas sobre as águas da bacia hidrográfica onde os jogadores estão inseridos. As fases do jogo envolvem atividades individuais e coletivas voltadas à aprendizagem e ao fortalecimento de vínculos entre estudantes, suas comunidades e comitês de bacias na gestão das águas.


Na tarde de 21 de novembro, o diretor da ANA, Mauricio Abijaodi, moderou a mesa redonda sobre Segurança Jurídica para Segurança Hídrica. Os debatedores Gilberto Canali, consultor, e Tácito Matos, da Kfuri Advogados, discutiram as inseguranças jurídicas geradas pelo arcabouço legal que cria e sustenta o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH).

Outra sessão em que a Agência esteve presente foi na mesa redonda Variabilidade Climática e Mudanças nas Escalas de Tempo das Estações até Milênios com a participação da servidora Lígia de Araújo. Também discutiram o assunto os seguintes debatedores: Chou Sin Chan, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), e Marcus Suassuna Santos, do Serviço Geológico do Brasil (SGB).


A mesa redonda a respeito da Segurança de Barragens na Prática – Riscos, Desafios e Soluções contou com a participação do servidor da ANA Josimar de Oliveira. Ele debateu o tema juntamente com Adriana Lobo, da Companhia de Saneamento do Paraná (SANEPAR); Cristiane Battiston, secretaria nacional de Segurança Hídrica do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional; e Ovidio dos Santos Junior, da Companhia Energética de São Paulo (CESP).


O 25º SBRH


O 1º FLAA acontece no contexto do 25º Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, evento da ABRHidro que reúne autoridades, pesquisadores, professores, estudantes, gestores da água, profissionais liberais, empresários, fornecedores e representantes de equipamentos; sendo que é esperado um público de aproximadamente 3 mil pessoas na capital sergipana. Realizado pela Associação Brasileira de Recursos Hídricos entre 19 e 24 de novembro, com patrocínio da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico e correalização do Governo de Sergipe, o evento acontece com o tema central Água e Sociedade: Resiliência, Inovação e Participação.


A ANA participa do 25º Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos e do 1º Fórum Latino-Americano da Água com uma equipe de cerca de 50 servidores, que participarão dos debates e apresentarão trabalhos científicos relacionados às águas do País.


O enquadramento


O enquadramento de corpos d’água estabelece o nível de qualidade a ser alcançado ou mantido ao longo do tempo e busca assegurar às águas uma qualidade compatível com os usos mais exigentes a que forem destinadas. A classe do enquadramento de um manancial deve ser definida em um pacto acordado pela sociedade, no contexto do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH), levando em conta as prioridades de uso da água.


Além disso, o enquadramento é uma referência para os outros instrumentos de gestão de recursos hídricos (como a outorga de direito de uso de recursos hídricos e a cobrança pelo uso da água) e instrumentos de gestão ambiental (licenciamento e monitoramento). Portanto, o enquadramento é um elo entre o SINGREH e o Sistema Nacional de Meio Ambiente.


Assessoria Especial de Comunicação Social (ASCOM) Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA)


FONTE: ANA



11 visualizações