top of page
Vista aérea do rio

Blog

Missão técnica da ANA no Peru discute monitoramento de qualidade de água e de eventos críticos



Especialistas da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) participam de missão técnica em território peruano entre 21 e 25 de novembro. O encontro acontece no âmbito do projeto Fortalecimento Institucional para a Gestão Integrada dos Recursos Hídricos no Peru. Na ocasião foram discutidos temas técnicos, como o monitoramento de qualidade de água e gestão de eventos hidrológicos críticos (secas e inundações).


Representam a Agência nesta missão a coordenadora de Articulação para a Gestão de Eventos Críticos, Alessandra Daibert, e o coordenador da Rede Nacional de Monitoramento da Qualidade da Água, Maurrem Vieira. A equipe brasileira foi recebida, em Lima, pelo chefe da Autoridade Nacional da Água do Peru, Hugo Facundo, além de técnicos de diversas áreas da instituição.


Os especialistas da ANA apresentaram o papel da autarquia na gestão de eventos críticos no Brasil e as ferramentas utilizadas, como as salas de situação, Atlas de Vulnerabilidade a Inundações, salas de crise, Monitor de Secas, entre outras iniciativas. Também foram abordadas a metodologia para o planejamento de redes de qualidade da água e o Programa de Estímulo à Divulgação de Dados de Qualidade de Água (QUALIÁGUA). As possibilidades para o intercâmbio de informação técnica de interesse das instituições para ações de monitoramento de responsabilidade de cada país foram outros temas em pauta.



Do lado peruano, os assuntos apresentados foram relacionados à gestão dos recursos hídricos no Peru, ao Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos do país e à gestão do risco associado ao controle de secas e cheias e controle de inundações, além da rede de monitoramento de qualidade de água peruana.


A delegação participou de uma visita técnica ao Centro de Informação de Recursos Hídricos, em Iquitos, onde foram apresentadas a identificação de zonas críticas para inundações de rios e córregos, além de experiências de medições hidrológicas na Amazônia peruana, entre outros temas. Os equipamentos para a estruturação do Centro de Informações foram doados pela ANA, no âmbito da cooperação bilateral entre Brasil e Peru, além de duas estações automáticas de monitoramento hidrometeorológico, que serão instaladas nos rios Tigre e Napo para gestão de eventos críticos.


Assessoria Especial de Comunicação Social (ASCOM) Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) (61) 2109-5129/5495/5103

1 visualização