top of page
Vista aérea do rio

Blog

Mestrado ProfÁgua recebe inscrições até 17 de janeiro



O edital do Mestrado Profissional em Rede Nacional em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos (ProfÁgua) foi lançado neste sábado, 17 de dezembro, pela rede de universidades do ProfÁgua. Os interessados em concorrer a uma das 250 vagas oferecidas em 14 universidades públicas já podem se inscrever, até 17 de janeiro de 2023, pelo site da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), que é a instituição coordenadora do mestrado.


O curso tem 24 meses de duração e é realizado em formato presencial, com utilização de tecnologias de informação e comunicação aplicadas à Educação a Distância (EaD). O ProfÁgua busca proporcionar uma formação teórica e prática aos profissionais e pesquisadores da área de recursos hídricos. Com o mestrado, o intuito é qualificar esse público para lidar com os desafios mais complexos da gestão e da regulação das águas no Brasil. Nesse sentido, as dissertações do mestrado sempre têm um caráter de conhecimento aplicado, o que efetivamente contribui para o aprimoramento da gestão de recursos hídricos.


Fazem parte da rede de universidades do ProfÁgua: Universidade Estadual Paulista (UNESP), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Universidade Federal de Roraima (UFRR), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade de Brasília (UnB).


Para mais informações sobre o ProfÁgua, acesse o site: https://www.feis.unesp.br/#!/pos-graduacao/profagua ou envie um e-mail para profagua@unesp.br.


O ProfÁgua


Criado e fomentado pela ANA em 2015, o ProfÁgua já recebeu cerca de R$ 7 milhões em investimento para o seu funcionamento, através do repasse de recursos para a CAPES, que avaliou o mestrado com a nota 4 – a maior para novos cursos. Hoje já existem mais de 450 profissionais com mestrado pelo ProfÁgua e há centenas de outros mestrandos com seus projetos de pesquisa em andamento.



Assessoria Especial de Comunicação Social (ASCOM) Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) (61) 2109-5129/5495/5103

20 visualizações