top of page
Vista aérea do rio

Blog

Desafio Saneamento do Futuro: Rios sem Plásticos prorroga inscrições até 31 de agosto

Os(as) interessados(as) em participar do concurso de inovação Desafio Saneamento do Futuro: Rios sem Plásticos ganharam um prazo extra. Até as 17h (horário de Brasília, de 31 de agosto, uma quinta-feira, os trabalhos deverão ser inscritos a partir do preenchimento dos formulários eletrônicos disponíveis em riossemplasticos.ana.gov.br.


Lançado em 2 de junho em transmissão via YouTube, o Desafio é voltado ao desenvolvimento de soluções inovadoras que contribuam para diminuir a poluição por resíduos plásticos nos corpos hídricos. Essa iniciativa é promovida pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

Dois editais estão abertos: o primeiro, da ANA, selecionará e premiará nove soluções, no estágio de protótipo, que atinjam o desafio proposto. O segundo edital, da ABDI, selecionará três projetos, entre os nove vencedores do primeiro concurso, com o objetivo de aumentar sua escala e estimular o lançamento no mercado dessas soluções validadas ao longo das etapas do edital da ANA.


As melhores soluções para reduzir o plástico nas águas brasileiras poderão ser premiadas com até R$ 440 mil, considerando a participação nos dois editais. Poderão participar e se inscrever pessoas jurídicas de direito público ou privado, com ou sem fins lucrativos. A submissão da proposta poderá ser feita por uma única pessoa jurídica ou por uma equipe de diferentes pessoas jurídicas sem limitação de membros.


Os(as) participantes devem se inscrever em uma das três categorias dos editais:

  1. Social: diminuição da quantidade de plástico nos corpos hídricos a partir da ação dos cidadãos, catadores, cooperativas ou associações de catadores;

  2. Gestão Pública: diminuição da quantidade de plástico nos corpos hídricos pela ação das prefeituras e do Distrito Federal; consórcios públicos; empresas prestadoras de serviço de coleta, transporte, transbordo, tratamento e destinação de resíduos sólidos domiciliares; ou agências infranacionais reguladoras dos serviços de resíduos sólidos;

  3. Indústria: diminuição da quantidade de plástico nos corpos hídricos pela ação das indústrias, desde a geração dos produtos, utilizando plástico até a reciclagem ou reintrodução do plástico na cadeia produtiva.

As propostas serão avaliadas segundo os seguintes critérios: potencial de impacto e de escalabilidade, viabilidade econômica da solução, maturidade da solução, nível de inovação, adesão social, hierarquia da solução no ciclo de vida dos produtos. Os(as) semifinalistas também serão avaliados quanto à capacidade de execução, em uma apresentação da solução e por meio do vídeo demonstrativo da proposta.


Com o edital da ANA, os nove proponentes vencedores receberão, cada um, o prêmio correspondente a R$ 110 mil. Além de estarem aptos a participar da etapa adicional de premiação, no valor de até R$ 330 mil que será divulgada em edital específico da ABDI, totalizando R$ 440 mil para as iniciativas contempladas nos dois editais.


Assessoria Especial de Comunicação Social (ASCOM) Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) (61) 2109-5129/5495/5103


FONTE: Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA)


8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page