top of page
Vista aérea do rio

Blog

Confira a programação das Cidades da Campanha ‘Eu Viro Carranca para Defender o Velho Chico 2023’


No próximo dia 3 de junho, os municípios de Felixlândia (MG), Paratinga (BA), Floresta (PE) e São Brás (AL) serão tomados por uma programação cultural intensa, que celebra a 10ª edição da campanha ‘Eu Viro Carranca para Defender o Velho Chico’, uma iniciativa do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF). Cada uma das cidades desenvolveu uma programação especial para o dia 3, tido como o Dia Nacional em Defesa do Velho Chico.


Confira mais detalhes sobre a programação em cada cidade e confira o planejamento na íntegra!


Felixlândia

Em Felixlândia (MG), no Alto São Francisco, a programação vai das 08h às 11h do sábado, 3 de junho. Dentre as atividades estão o lançamento do Programa Municipal de Coleta Seletiva do município e apresentações culturais, como do grupo de alunos da Escola Municipal Dona Maria Sofia.


Paratinga

Já em Paratinga (BA), no Médio SF, as atividades começam às 07h50 e vão até a meia noite, com apresentações culturais e de projetos, palestras diversas, uma caminhada em direção ao Cais do Porto, plantio de mudas, além de stands de todas as secretarias municipais, órgãos convidados e barracas com exposição de produtos da agricultura familiar.


Floresta

Em Floresta (PE), a programação começa ainda na sexta-feira (2), com peixamento no Rio São Francisco, plantio de árvores nativas do Velho Chico e atividades educativas. No sábado (3), a partir das 07h, os presentes vão acompanhar manifestações culturais dos povos do Velho Chico, exposições educativas e visitas das escolas da região, além de atividades no centro histórico de Floresta. As comemorações contarão com a presença do ministro da Pesca e da Aquicultura, André de Paula.


São Brás

Em São Brás (AL), as atividades terão início às 9h e vão até as 17h, e a programação conta com apresentações culturais, uma solenidade na Câmara de Vereadores da cidade, visita ao museu ambiental Casa do Velho Chico, tendas educativas, corrida de barcos, além de caminhadas ambientais.


A campanha ‘Eu Viro Carranca para Defender o Velho Chico’, que este ano chega a sua décima edição, foca nos povos e comunidades tradicionais da bacia e tem, como mote, a frase: ‘Velho Chico: Gentes Tradições, Vidas’, que, por sua vez, se desdobra em ‘Cuidar dos povos para preservar o rio, preservar o rio para cuidar dos povos’.

A campanha visa trazer visibilidade à atual situação dessas comunidades e povos e para a necessidade urgente da revitalização do rio. A comunicação do CBHSF já promove ações de mobilização social e de comunicação, envolvendo produção de matérias, vídeos, inserções de áudio, dentre outros produtos.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page