top of page
Vista aérea do rio

Blog

A importância do monitoramento ambiental urbano

Não é de hoje que a humanidade sofre com os desastres naturais, entretanto, devido ao crescimento desordenado das cidades em áreas impróprias, desigualdades sociais, desmatamento, aquecimento global e outras questões, eles se tornaram mais recorrentes e prejudiciais.


No Brasil, por exemplo, os últimos desastres naturais ganharam bastante relevância, em razão da grande destruição do espaço, das inúmeras vidas perdidas, dos danos materiais e das paralisações temporárias das atividades econômicas.




Foto: https://pixabay.com/pt/photos/inunda%c3%a7%c3%a3o-inundar-calabria-it%c3%a1lia-58029/


Em vista disso, o monitoramento ambiental urbano vem como uma solução, desempenhando um papel crucial na sociedade, proporcionando uma série de benefícios e contribuindo para a segurança, a eficiência e a qualidade de vida nas cidades.


Uma vez que, com o avanço da urbanização em todo o mundo, é essencial acompanhar e analisar constantemente o estado do meio ambiente, a fim de identificar problemas, implementar medidas corretivas e prover segurança às pessoas.




Em primeiro lugar, o monitoramento por meio das estações hidrometeorológicas e dos radares meteorológicos, é capaz de detectar desastres precocemente. Essas ferramentas conseguem notar mudanças nas condições ambientais e fornecem dados em tempo real sobre a intensidade das precipitações, permitindo que as autoridades alertem a população e tomem medidas de precaução, como a evacuação nas áreas de risco.



Além das vantagens preventivas, o monitoramento oferece informações valiosas durante o desastre, tais como:

  • ferramentas que contribuem nas estratégias de socorro;

  • reconhecimento dos lugares emergentes;

  • avaliação completa da extensão e densidade dos danos.

Mostrando assim, que o monitoramento auxilia efetivamente na tomada de decisões, no resgate e no planejamento de ações mais precisas.


Após a ocorrência, o monitoramento continua executando um trabalho importante na fase de recuperação, afinal, os dados coletados durante o evento podem ser utilizados para avaliar os estragos, checar as áreas mais atingidas, auxiliar no planejamento de reconstrução, definir novas estratégias e solucionar problemas futuros.


Outro grande aliado nesse contexto, é o sistema de detecção de raios, que também realiza um papel substancial nesses casos, já que fornece alertas precoces, protege infraestruturas e contribui no monitoramento climático, evitando assim, os perigos associados aos raios, garantindo um ambiente mais seguro a todos.



Todas essas questões oferecidas pelo monitoramento minimizam o caos e contempla a defesa civil, que consegue agir rapidamente em situações arriscadas, salvando vidas e reduzindo os impactos negativos do desastre.


Em suma, o monitoramento ambiental urbano é fundamental para uma gestão e ação mais inteligente diante das tragédias naturais, já que proporciona uma visão abrangente das condições ambientais e climáticas, colabora na detecção precoce, facilita a resposta coordenada das equipes de resgate e serviços de emergência e contribui na reconstrução dos locais afligidos.



Portanto, investir em sistemas de monitoramento é indispensável para proteger a população e aumentar a resiliência diante dos desafios apresentados pelos desastres naturais.


Entre em contato com a HOBECO

Igor Giovelli | Analista de Projetos de Hidrologia

Hobeco Sudamericana Ltda.

Lad. Madre de Deus, 13 - Gamboa - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20221-090

Whatsapp/celular: (21) 9-8738-3988

igor@hobeco.net | www.hobeco.net




118 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page